Hoje eu decidi esquecer de você, só por hoje, amor. Hoje eu não vou implorar por ti, nem me arrastar aos teus pés. Eu não vou me humilhar por você, pelo menos só por hoje. E dai quem sabe, amanhã eu também decida isso. Quem sabe amanhã eu também não tome a minha dose de ti e aproveite pra tomar uma dose de amnésia. Talvez somente assim eu esqueça você de vez, não só por hoje e nem só por amanhã, mas sim pelo resto dos dias. Não me leve a mal, amor, mas te quero distante. Te quero bem longe da minha vida, e não, não é só por hoje, é pra sempre. Na verdade, já perdi as contas de quantas vezes me olhei no espelho e repeti isso a mim mesma, que te esqueceria pra sempre, ou pelo menos por um dia, mas fazer não é tão simples quanto falar, principalmente quando se trata de você. Esquecer você é uma tarefa quase impossível, já que seu sorriso me hipnotiza mais do que mágica, e o seus olhos me puxa mais do que imã puxa metal. Amor, sei que prometi te amar eternamente, mas como você pretendo quebrar algumas promessas feitas. Não posso viver um amor sozinho, não posso deixar meu coração ser pisado de novo, entende? Você já judiou demais de mim, já brincou demais comigo. Preciso cair na real que você já era, eu preciso realmente esquecer você. Não consigo mais fingir que você para mim não é nada, que você não se passa mais de uma amizade colorida. Mas infelizmente, eu tenho me enganado todo esse tempo, porque você se tornou a melhor parte da minha vida que precisa ser esquecida por simplesmente ser uma bela ilusão da minha cabeça. Será difícil concluir essa missão de não desejar mais seu corpo no meu, de não ligar para você e pedir uma noite a dois num dia qualquer, de apenas olhar em seus olhos e pensar o quanto eu te amo, para tudo isso vai ser preciso várias doses de tequila e alguns porres por aí. Sei que beber é besteira, isso acabaria me levando, ao invés de te esquecer, te procurar. O álcool aumenta nossa vontade de fazer coisas que já queríamos e é isso que eu quero. Estar ao seu lado é tudo que meu coração precisa, mas meu cérebro permanece firme. Eu preciso mesmo é de dar valor a mim mesma, é perceber o quanto sou bonita e perco meu tempo contigo. A minha maior necessidade é de livrar minha mente de você.
By: Ana Laura, Eduarda, Marcela and Juliana written in imperfeita-s
Posted Há 1 dia, 38 notas Reblog
Eu só queria entender esse tipo de feitiço que você lançou em mim, não entendo o que está acontecendo, antes eu era tão desapegada, não me importava. Agora fico aqui com essa angústia que é ficar longe de você, como um vazio dentro de mim quando eu nem se quer falo com você, sinto saudades e fico aqui, pensando em como tudo seria se você estivesse aqui. O som da sua risada ecoa na minha mente, sua voz fixou e você, bem, você descompassou, bagunçou tudo que havia em mim, eu já sou uma bagunça e você vem e me mistura, me arruma, me cura. Me cura da solidão, da tristeza. Me mostra um mundo no qual tudo é perfeito pra nós dois. E ao mesmo tempo que o torna perfeito, o estraga de uma maneira irreversível. Eu adoraria entender o que se passa com nós… Ou com você. Pois me bagunça, me estraga, me arruma. Tu não decide o que quer ou faz. Acha que é assim? Vem, bagunça, deixa tudo lindo, cura, arranja e depois machuca e larga mão? Acha que sou o que? Teu brinquedinho que tu ama e da valor quando quer? Isso não é justo, enquanto eu movo mundo para tentar me recuperar, com um gesto tu me derruba e tu sempre tá normal.Sempre ouvi tão bem do amor. Pena que não me disseram que iria quebrar a cara tantas fezes. Ninguém diz que tu vai se apaixonar por quem não deveria. Me disseram que o amor só fazia bem e não é bem assim. Faz mal demais gostar de pessoas como tu. Talvez tenha confundido nossa relação. Fui mais uma das suas menininhas iludidas quando só queria ser sua. Posso estar exagerando, mas é que você me deixa assim meio sem noção. Sem você por perto, não sei o que pensar e como agir pra te trazer de volta. Perdoa-me por ser assim, por não saber lidar com a sua indecisão. Já era pra ter me acostumado, mas é difícil aceitar viver sem ser sua. Queria me entregar de corpo e alma, sem me preocupar com os outros e com o futuro. Eu queria poder pensar apenas no nosso amor, mas acabo tendo que pensar em como me manter forte pra não chorar porque não te tenho por completo.
By: Ana Beatriz, Isadora, Renata and Juliana written in imperfeita-s
Posted Há 2 dias, 58 notas Reblog
Sabe como é amar alguém tendo a certeza plena de que você jamais será correspondido? Então, eu sei. Sabe como é sofrer em vão, lutar pra que um sentimento recíproco desapareça de você mais rápido do que surgiu? Eu sei. Senti-me no céu com alguém, com ele,e logo após cai na frieza da triste realidade que me ferira não somente o coração, mas a alma que jamais poderei concertar. Eu estive sonhando com a fantasia de que nós seríamos felizes, não para sempre, mas por um tempo pelo menos, porém você sequer me enxerga, e no teu mundo eu nem sequer existo. Como viver sabendo que sou insignificante na vida da pessoa que eu mais quero que me note? Não existe nada pior que ser esquecida por quem mais amamos e queremos bem. Eu sofro por cada segundo que você respira sem lembrar de mim, que estou aqui plantada esperando me notar. Estou sofrendo por cada minuto que passa feliz sem minha presença em sua vida. Não é possível que nada que vivemos não faça mais nenhuma diferença. Pra mim, nosso amor foi a melhor coisa que me aconteceu.Eu não amo apenas você, eu amo nossa história e cada detalhe dela que o tempo está apagando contra minha vontade. Esperava que fosse contra a sua também. Saudade. Essa é a palavra que está reinando no momento. Um dia me falaram que a saudade é o pior sentimento existente e, agora eu entendo isso. Ela está me matando por dentro, e agora não sou nada. Será que você se esqueceu de mim e eu sou a única que ainda rezo para que a gente dê certo? A resposta nós dois sabemos, mas espero que estejamos errados. Com certeza você partiu meu coração, em zilhões de pedacinhos, e não satisfeito, os espalhou pelo quarto. Você não guarda rancor, eu sei, mas o que dói não é saber os seus sentimentos e sim não sabe-los. Por que você não aparece? Por que não é sincero comigo? Não sei do que tenho mais medo, de saber a verdade ou de desconhece-la. Eu sei que não amei uma “historinha barata”, eu amei todas as 500 páginas, pelas quais paguei caro. Um valor impagável. Minha liberdade foi deixada de lado por um tempo e de troco recebi isso, silêncio. Silêncio que corrói. Saudade que mata. Você se foi muito rápido, como uma rajada de vento passageira, só veio para bagunçar minhas páginas, e nunca mais voltou para arrumá-las. Sinto falta de você, será que você também sente de mim?
By: Stéfanny, Juliana, Lívia and Beatriz written in imperfeita-s.
Posted Há 3 dias, 99 notas Reblog
Eu sempre peço a Deus, que seja doce. Que eu amoleça que eu consiga sentir mais, que eu consiga ser livre de toda essa insegurança que me atormenta. Quero que seja doce, todas as etapas da minha vida, mesmo com umas dificuldades, quero que seja doce. Que seja bom, ás vezes calmo, às vezes não. Profundo, bonito. Que seja como poesia. Eu sei que é um pouco raro de tudo ser sereno, leve e doce, mas é pedir demais? Não quero ser tão fria assim, por mais que esse escudo já tenha me salvado de diversas coisas… Eu quero algo mais alegre, algo mais constante em meus dias. Quero um amor, quero um amigo-amor, quero contos na vida real. Não precisa ser perfeito na visão do mundo, eu só que seja perfeito aos meus olhos e nos dele. Só quero me livrar dessa desconfiança do mundo e confiar á um só amor. Ter alguém olhando por mim todos os dias, torcendo para que eu vença todos os obstáculos, junto dele, é claro. Eu quero acordar e vê-lo sorrir para mim, e poder ter a sensação que não existe mais ninguém além de nós dois no mundo, ou melhor que não existe mais maldade e que o mundo está repleto de coisas boas, alegrias, e pessoas transbordando felicidade. Com ele, só com ele posso me sentir assim, como se tudo fosse rosas. Quero poder me livrar de todo esse medo que me cerca, de todos os meus pensamentos ruins… Ter alguém que me ensine que o amor cura. Quero viver um sonho adolescente de “felizes para sempre”, um amor genuíno de uma criança e a paixão duradoura. Livra-me dessa amargura toda, de todo ressentimento que tenho e toda raiva desse sentimento tão belo. Me reensina a amar. Pega na minha mão, mostra a beleza do mundo quando se tem um amor.
By: Samara, Isadora, Letícia and Mayara written in imperfeita-s.
Posted Há 6 dias, 91 notas Reblog
E quando anoitece, toda a dor vem, e só se ouve a prece de que amanhã seja um dia melhor. O cansaço já me venceu, e a procura acabou, não há mais nada que me faça permanecer nisso tudo. Estou sofrendo como nunca sofri na vida, mas estou na fé e convicta de que amanhã virá um dia melhor. Um dia melhor, sem você. Engraçado que há pouco tempo, era inimaginável uma vida melhor sem você, mas o tempo passa, as coisas mudam e os propósitos também, e tudo que eu pensei ser ruim, imaginar um futuro sem você agora, talvez não seja tão ruim pra mim. E algo que pude me acostumar com o tempo, você chegou, fez planos, e me fez sentir única, e ao passar de um piscar de olhos, você sumiu, o que eu realmente sentia sumiu aos poucos também. E a sua falta, já não me faz falta. A sua ausência, só mostra o quanto vazio é o que você sentia por mim. Hoje dei pela porta, e me lembro de quando eu acordava com as suas cartas, e sem querer fiz o mesmo habito de sempre, olhar o correio de cartas, havia apenas um anúncio. Olha, e dessa vez, eu juro, que senti falta do que vivi com você, mesmo não querendo me sentir isso. Mas foi quase inevitável sentir saudades, tantas coisas vieram à tona naquele momento, tantas lembranças… Por mais que eu tente negar e tirar de toda forma da minha cabeça, apesar de ter convicção de que tudo será bem melhor assim, de que você não deu o devido valor ao tanto que te amei. Lembro de que implorei para que ficasse comigo, mesmo que fosse por pena, mas você nem deu atenção. Hoje quando vejo a forma como você me deixou, reconheço que eu sou mais do que isso, que posso ser mais forte, que posso tornar o dia feliz, mesmo que só. E amar novamente. Mas a minha superação não será tão rápida quanto a sua partida, sei que levará tempo para que o coração entre novamente no ritmo.
By: Eduarda, Ana Luiza and Heloisa written in imperfeita-s
Posted Há 1 semana, 58 notas Reblog
Acho que o texto mais clichê possível é sobre o amor. Seja como for. Criticando-o, gostando-o, querendo-o. Tanto faz. Sempre há uma pitada de amor em tudo que se lê. E esse texto não seria diferente, já que nós somos preenchidos por esse sentimentos mesmo que, em alguns, seja quase irrelevante. Amor. Até o modo de pronunciar é bonito, não? É um sentimento tão belo e magnífico, quando verdadeiro, que nos enche de alegria e brilho. Amor pode-se definir que, mesmo com suas partes exageradamente ruins, não deixamos de gostar dele. Pois é bom ter alguém com quem dividir as ideias, o companheirismo, o carinho, o tempo, o sorriso. É tão aconchegante saber que aquela pessoa vai sempre estar ali, de algum modo, seja aonde estiver. Que a cada término de uma briga, a reconciliação não deixará que a raiva ultrapasse o amor. O amor é reconfortante, é um abrigo em meio às tempestades e furacões da vida. O amor aquece, fortalece, nos dá uma razão a mais para sorrir e viver. É bom perceber que alguém te ama pelo que é, pelo que faz de bom. É bom saber que aquela pessoa faria coisas bobas só pra te deixar feliz, para que ela também fique feliz. Esse sentimento, ainda que seja o culpado por grandes catástrofes na vida de muitos, é perfeito. O amor não tem culpa das cicatrizes alheias, muito pelo contrário, a falta dele foi o que as causou. O amor as cura, faz tudo de ruim parecer uma pedra no oceano e você passa a acreditar na felicidade outra vez. O amor por si só tem o dom de curar tudo que foi um dia ferido. Ele tem a alegria impregnada em seu nome, e por mais que as vezes tenhamos diversas feridas que juramos terem sidas causadas por ele, sabemos que no fundo, ele é apenas o coitado da história, que não soube ser cuidado e acabou sendo despedaçado. O amor é tudo que podemos imaginar, ele é a vida. Ele é quem nos deu a vida e quem nos faz querer viver. O amor é doce, as vezes amargo, mas sempre faz um bem danado a quem o tenha do seu lado.
By: Isadora, Stéfanny and Ana Laura written in imperfeita-s
Posted Há 2 semanas, 110 notas Reblog
Eu sou uma boba, romântica, patética, que vivo recitando poemas mentalmente para alguém que eu nem ao menos encontrei, alguém quem o destino ainda não me apresentou, alguém por quem eu acompanharia em todos os cantos do mundo. Eu ainda nem conheço o tal do “você” que eu poderia amar, mas eu preciso tanto, tanto que chega a doer; não se trata de carência, se trata de algo maior, uma necessidade. Uma necessidade que quando for saciada meu coração não vai parar de gritar teu nome nem por um segundo sequer. É uma necessidade de saber o que é isso que todos falam, essa felicidade que eu vejo em tantos casais. É uma necessidade de se sentir completa, sem ter mais necessidade nenhuma. Sorrir de verdade, porque eu teria algum motivo de verdade para me sentir feliz. A vida parece ser bem mais simples quando encontros o tal do “você”.Entretanto parece que não sou uma das pessoas que têm essa sorte.Meus “você’s” vêm sendo desastres atrás de desastres. Idealizações românticas e patéticas. Talvez seja apenas um coadjuvante na minha comédia. Quem sabe foi um engano também. Apaixonar-se até agora só me mostrou um jeito excelente de sofrer. Talvez Deus esteja preparando o meu “você” mas espero que ele tenha o seu sorriso. Ta vendo como me complico? Desejo alguém perfeito e te coloco no meio, sendo que tem suas inúmeras complicações que junto com as minhas se complicam mais ainda. Esse “você” deveria ser perfeito, daqueles do tipo príncipe encantado assim como retratam os contos de fadas. Mas o meu “você” se encaixa mais no ogro, na imperfeição, e eu gosto disso.
By: Paula, Paloma, Renata and Ana Beatriz written in imperfeita-s.
Posted Há 3 semanas, 69 notas Reblog
Uma brisa fresca entrava pela janela, trazendo consigo um aroma floras e refrescando o ar que há tempos estava mais seco que o habitual. A brisa tinha um cheiro diferente, parecia trazer algo além de apenas moléculas de oxigênio. Fui invadida por uma alegria contagiante, como numa batida de carro. Rápido e inesperado. A brisa trazia consigo a alegria de uma criança, a inocência de um palhaço de circo, uma vontade de se renovar, de se amar, de ser. E como numa batida de um carro, logo após veio o inevitável: o torpor. E foi assim, rápido e inevitável. A imensa felicidade que senti poucos minutos atrás se transformou em um poço de mágoas e tristezas. Sinto uma ardência desconfortável atras dos olhos já posso até sentir as lágrimas escorrendo sobre meu rosto e um arrepio tão grande que sinto meus ossos estremecerem. Juro que tento me controlar, mas as vezes é inevitável demonstrar um ato de socorro como o choro. Espero que um dia eu volte a sentir essa brisa novamente, digo por um tempo ilimitado. Pois a alegria que essa brisa trouxe em seus poucos instantes conseguiu transformar tudo de ruim que existia dentro de mim em rosas, e seria assim para sempre se junto com essa enorme alegria não viesse junto a tristeza e a dor, que arrebatam como qualquer outra coisa. A vontade de tornar-se melhor foi embora assim que a incapacidade de transformar um misero ponto de tristeza em felicidades chegou, e assim, a deliciosa brisa se foi, restando apenas as incômodas lágrimas em meus olhos. Hoje sou metade tristeza, metade saudade. E minhas metades vivem a competir uma com a outra, pra ver quem toma conta de mim primeiro. Fico me imaginando feliz de novo quando a brisa, aquela, que passou tão pouco tempo comigo, voltar a me fazer ver alegria onde tudo agora é tristeza. Minha vida atual se resume em lágrimas, lenços amassados e olhos inchados. Sonho com o dia em que eu serei apenas sorrisos. Enquanto a brisa não volta pra me trazer alegria, ficarei por aqui mesmo, esperando que coisas boas me aconteçam, ou apenas vendo a vida passar.
By: Isabelle, Lívia, Ana Laura and Amanda R. written in imperfeita-s
Posted Há 3 semanas, 60 notas Reblog
Cheguei numa fase que nem o vento sopra a meu favor. As pessoas pro quem me importo simplesmente dizem que meus dramas são fúteis, que minhas necessidades são baratas, que se eu continuar travando batalhas contra mim mesma eu irei sucumbir. Poxa, como é simples dizer essas palavras encorajadoras “Não ligue, tudo vai passar.”. Tudo vai passar e me levar junto, me arrancar de mim mesma. Isso é tudo que gostaria de ouvir. Aliás, gostaria de acreditar nessas palavras. Depois de tantas desventuras, alguns consolos perdem o sentido. Um abraço ou um café em boa companhia, entretanto, é sempre bem vindo. Não sou exatamente uma boa pessoa. Alguém que não merece as desavenças da vida, eu mereço. O que não acredito é que precise enfrentar tudo sozinha. Será que alguém pode se dar ao luxo de ajudar? E não simplesmente dizer ”Vai ficar tudo bem”, se vai ficar ou não , você não é Deus para saber, e se tudo piorar? Custa ajudar? Sua mão não irá cair, isso eu prometo. Só não quero ficar sozinha. Isso dói e me destrói mais ainda, sozinha eu fico vulnerável a mim mesma. Palavras amigas, abraços verdadeiros, pessoas que se importam, vivo me perguntando se ainda existem, mesmo perdida dentro de mim mesma, nunca neguei ajuda á alguém, pelo contrário, é vulnerável que eu consigo ajudar. E porque motivo as pessoas não conseguem fazer o mesmo que eu? Eu só preciso de paciência, conselhos e um bom café.
By: Paula, Renata, Samara and Ana Carolina written in imperfeita-s
Posted Há 3 semanas, 126 notas Reblog
Ainda que tudo conspire contra nós, ainda que tudo pareça estar errado e as lágrimas venham a preencher os nossos olhos, eu estarei com você. Ainda que o tempo apague boa parte das nossas boas lembranças, e a vida te afaste de mim, eu estarei te amando exatamente da mesma maneira que sempre amei. Ainda que outro alguém apareça e você a escolha para a sua vida, eu sempre esperarei para que você volte atrás. Ainda que hajam feridas em nosso passado, ainda que o ciúme seja maior, muitas vezes, que o próprio sentimento que ambos temos um pelo outro, eu sempre lembrarei que posso confiar em você. Não adianta fingir, eu te amo. E dessa vez não é como os meus casos de adolescente, é algo pra via inteira, você é o único futuro que quero para mim… Já tentei pensar na possibilidade de ter outra pessoa em mim vida, mas não consegui, digamos que é somente com você que eu imagino a minha vida, nenhum outro. Nunca dei sorrisos tão verdadeiros ao lado de alguém e muito menos pensei que pudesse dar, não imaginaria que alguém pudesse me entender tanto, até mais que eu. Sei lá, talvez eu goste como você me mostra o lado idiota de tudo. Talvez eu te ame de mais, ou você me ame de menos. Talvez eu ainda seja infantil no quesito amor. Eu ainda estou aprendendo a amar como um bebê aprende a andar, estou apenas engatinhando no amor. Eu te amo de uma forma diferente. Não é como dizem nos livros, filmes ou histórias contadas num bar. É algo somente meu e seu, um sentimento tão puro que mexe comigo da cabeça aos pés me deixando com um sorriso enorme e pernas bambas quando você se aproxima. Eu te amo e poderia falar isso o dia inteiro sem me incomodar nem um pouco, porque eu amo o jeito que você sorri inclinando a cabeça pra traz toda a vez que digo isso. O fato é que eu estou completamente apaixonada por você. Você tem aparecido em meus sonhos, é como se tudo ficasse mais feliz com você aqui. Eu me sinto uma menininha assustada quando percebo o quanto deixei meu coração bater forte por você, tu toma conta dele, ele está em suas mãos e o meu maior medo é você machuca-lo. Eu e você temos nosso passado que nos persegue, mas, quando eu estou com você, é como se todas as mágoas não existissem mais. Eu quero estar com você num futuro calmo e livre de tudo, quero ficar do seu lado, te amar e te cuidar. Meu amor cresce toda vez que eu te olho, você me deixa hipnotizada no seu sorriso.
By: Stéfanny, Ana Carolina, Lívia and Mayara written in imperfeita-s.
Posted Há 1 mês, 228 notas Reblog