Era quase meia-noite, me sentei na cama com meu punhado de livros e uma xícara de café. A janela estava aberta e dava para ver as nuvens encobrindo a lua. E pela milésima vez depois da tua partida te quis aqui comigo. Queria que tu lesse pra mim, como costumava fazer, enquanto massageava meus pés, queria te ver reclamar do meu café forte demais, e queria sentir teu cheiro de tabaco que eu tanto detestava, mas que eu tinha me acostumado, era o teu cheiro, cheiro que tá fazendo tanta falta. Dói lembrar dessas coisas banais que se tornaram rotineiras, acho que porque eu nunca tinha sido abandonada, eu nunca tinha tido um coração partidos, nunca tinha sentido o sangue escorrendo por dentro. As coisas parecem mais pesadas, o ar mais denso, o coração pulsa mais devagar. Sempre foi assim? Pode ser que sua ausência mudou a minha percepção das coisas, talvez porque a tua presença cativava todo o meu foco. Agora me encontro sem rumo, não sei ainda como é caminhar sem ti. Me sinto como se fosse largada sozinha em um lugar onde nunca vivi e preciso aprender a me virar, sabendo que dessa vez sou apenas eu, não tenho mais você para contar ou correr pro teu colo no fim do dia. Dentro de mim, sei que tenho força para superar, mas nada mudará o aperto que a saudade causa no meu peito. Toda dor que sinto é falta sua, eu sei que não para nós não tem volta, fizemos uma escolha, ou melhor você fez a sua escolha, não sei muito bem o seu motivo, qual seria a explicação? Porque alguém abandonaria a pessoa que mais o ama no mundo e o fazia feliz? Porque sim, nós eramos felizes juntos, e muito. Você me ama, eu sei, eu sinto, mas mesmo assim resolveu estragar essa felicidade que tomava conta de nós. Até hoje não consigo entender o que se passou na sua mente, e eu fico aqui, no meu cantinho, relembrando tudo o que passamos juntos. Talvez, seja idiotice da minha parte, mas a esperança ainda permanece em meu coração. Estou presa ao passado e isso, não é nada bom. Devo acreditar em mim mesma dessa vez e assim como você fez comigo, também dar um ponto final a essas lembranças que latejam em meu coração. Quero agora apenas recomeçar, mudar de direção, sentir outra brisa gentil e caminhar de cabeça erguida à procura de um novo amor.
By: Paula, Heloisa, Letícia and Maria Luiza written in imperfeita-s
Posted Há 1 dia, 43 notas Reblog
Não consigo tirar da cabeça aqueles olhos pretos e intensos me olhando. Você conseguia sorrir com o olhar, você me transmitia as melhores sensações só de encostar na sua pele e te olhar. Sei lá, nunca fui de sentir muito, sempre fui fria, me chamam de ogra entre outras coisas, justamente por nunca ter sentido tanto… Até que você chegou e eu me permiti sentir, depositei minhas esperanças em você. Apostei todas as minhas fichas nesse possível amor, mesmo que pudesse não dar em nada e me deixar com o coração partido novamente, eu sabia, tinha noção disso, porém, eu quis acreditar nesse sentimento. E não é que deu certo? Bom, estamos nos esforçando para fazer dar certo. Fazendo planos, idealizando nossos sonhos lado a lado, construindo nosso alicerce em algo concreto e firme, nossos sentimentos. Nada aconteceu de repente, nós fomos levando tempo para chegarmos ao que somos hoje, nós fomos nos conhecendo, nos gostando. Não demos chances para pensarem que poderia não dar certo, preferimos mostrar que sim, dá mais que certo entre nós. Pois os dois querem isso, os dois apostaram alto, e não tem o porquê de algo acontecer fora do previsto. Você e esses seus olhos consertaram tudo de quebrado que tinha em meu peito, repuseram o estoque de esperança e de sentimentos bons, vejo que as noites em claro lhe idealizando ao meu lado não foram em vão, pois tudo que envolve você, tem um toque de perfeição que se encaixa em mim. Com você em minha vida o mundo coloriu, a vida me sorriu, e será sempre assim, você coladinho em mim, mostrando a todos que nascemos um para o outro e que iremos sempre fazer de tudo para estarmos juntos até envelhecer. Você colocou tudo em seu devido lugar dentro de mim, e se aconchegou no meu peito, trazendo paz, amor, vida! Florescendo assim a flor que existia dentro de mim, e que só resolveu se abrir para ti.
By: Paloma, Heloisa, Paula and Ana Laura written in imperfeita-s
Posted Há 2 dias, 44 notas Reblog
Meu primeiro gole de bebida alcoólica foi aos quatorze anos, e meu primeiro cigarro aos dezessete. Era uma época em que eu gostava de The Doors e eu queria ser diferente, queria ser complicada. Gostava de fazer coisas que meus pais não deixavam. Costumava ir dormir fora sem avisar e ficar com uns quantos caras diferentes na mesma semana. Coisa do tipo de envergonhar uma família de alto requinte, eu não gostava de fazer parte da sociedade que julgava, eu sempre gostei se ser liberal, de ter liberdade. Sempre fui um livro aberto, e eu sempre gostei de escrever, quem sabe isso também seria para ser diferente, pois meus colegas de classe sempre detestavam as palavras, mesmo causando problemas eu era inteligente, era inevitável. Nunca fui feia, bem pelo contrario, sempre fui popular, ou melhor, eu era um misto de rebelde, nerd e patricinha, como eu disse, eu queria ser complicada. Pra falar a verdade, eu queria ser uma incógnita, aquelas garotas misteriosas que chama atenção. Sempre tive um apreço pela liberdade, me livrei de tudo o que me prendia desde sempre, isso vai de rodinhas de bicicleta até anéis de compromisso. Por falar em compromisso, me desculpe mas eu não sei o que é isso. Eu sempre fugi, sempre fui daquelas que não liga de volta, não responde as mensagens, não da sorrisinhos quando encontra na rua, acho que isso foi uma sequela da minha fase punk rock. E de fases eu entendo bem, já passei por todas e ainda tem mais por vir. Mas o que realmente marcou todas as minhas fases foi o medo e a fuga. O medo de sentir, de me importar, de amar. E a fuga de qualquer sentimento mais concreto. Há um tempo atrás eu não entendia isso, mas hoje consigo pensar com mais clareza. Toda essa rebeldia, coragem e ousadia só servem para mascarar a garotinha assustada que existe aqui dentro. E eu me acostumei tanto a escondê-la, a oprimi-la e censurá-la que ela morreu. A acidez do meu cérebro matou as borboletas no meu estômago e qualquer coisa existente no meu coração. Eu não sei ao certo o que me tornou desse jeito, ou talvez saiba e não queira encarar, mas o ponto não é esse. Onde eu quero realmente chegar é que eu cansei de representar a garota problema, a ovelha negra da família, a menina do coração de gelo. Cansei de não me importar, de não amar, de não me permitir. Pela primeira vez na vida, eu quero me prender. Eu quero ter alguém pra pertencer, alguém por quem voltar. Eu quero viver. Talvez seja só mais uma fase, ou talvez eu tenha finalmente aberto os olhos. Mas se eu tenho uma certeza, é de que não quero deixar essa fase passar. E quero tornar dela, uma fase pra toda a vida.
By: Paula, Isabelle and Laís written in imperfeita-s
Posted Há 3 dias, 57 notas Reblog
Por favor, me acorde quando você tiver certeza que irá sair por aquela porta e nunca mais voltar. Você vai lá, faz suas merdas e volta como se nada estivesse acontecido sabendo que quando eu visse esse seu belo sorriso eu me derreteria novamente por você, dando-te uma nova chance de redimir seu erro. Mas você acaba de esgotar todas as suas chances comigo então, por favor, vá e não volte mais. Por mais que eu ainda te ame e sinta sua falta eu não consigo aguentar as dores que você me causa. Porque cara, tudo o que eu fazia era pensando em você, na sua felicidade, na sua vontade, mas a questão é que antes era pra você agora é pra mim. Não aguento mais ter que ouvir as pessoas dizendo o quanto você não me merece, o quanto eu sou tão idiota em sempre perdoar suas burrices e em sempre aceitar suas condições. Eu não sou seu fantoche que você brinca quando quer, eu sou uma menina que infelizmente tem sentimentos enormes por você, mas você, babaca, só repara no quanto meu corpo é escultural e não liga para o coração da pobre menina que está a sua frente completamente apaixonada por você. Eu não sei porque ainda fico surpresa com a sua atitude de querer ser superior e dizer para todos os seus amigos que você não ama, você é extremamente egoísta e mesquinho. Como eu pude me apaixonar por você? Como eu pude ser tão cega por você? O pior de tudo que apesar de saber disso, eu ainda gosto de você e não gosto apenas do seu sorriso e dos seus beijos, eu gosto dos seus defeitos que me irritam, mas que me fascinam também. Me odeio por te amar, te odeio por te amar. Te odeio e te amo, te amo e te odeio, assim, tudo ao mesmo tempo. Você causa essa confusão de sentimentos, essa força sobre meu peito que chora a cada ferida que você me causa, e que não são poucas. Por que faz isso comigo? Por que magoa tanto quem só te quer bem?
By: Lívia, Marcela and Eduarda written in imperfeita-s
Posted Há 4 dias, 75 notas Reblog
Você não consegue mais ouvir somewhere only we know porque sabe que era a música favorita dele e culpa todo mundo que gosta dessa música, mas adivinha só, ele partiu seu coração e ninguém tem culpa disso, muito menos você. Não é culpa de ninguém se todo mundo usa o mesmo desodorante que ele e você anda pela rua e fica sentindo aquele cheiro familiar em todas as pessoas que passam do seu lado. Não é culpa de ninguém quando alguém chega em você e começa a falar daquela série que ele adorava e você se enche de saudade. A verdade é que ele foi embora e tudo o que deixou pra trás foram lembranças, e agora você anda por aí culpando o mundo por te fazer lembrar dele. Você sai por aí, buscando outros caras, beijando outras bocas, substituindo o vazio que ele deixou por outros amores, você coleciona ficadas mas no fundo sabe que é ele que você quer, e todos esses garotos que você beija têm sempre alguma coisa faltando. Mas aí vai outra verdade: substituir um amor por outro amor é o mesmo que se secar com toalha molhada. Não dá certo. Então, mexa-se, faça alguma coisa de útil, sem ser pensar nele, buscar por ele, e querer que os outros sejam igual a ele, pois assim você nunca irá se apaixonar novamente. Então pare, pois um dia irá aparecer aquele cara que vai ser totalmente diferente dele, vai ser o cara que vai te fazer esquecer completamente desse babaca, quando tu olhar para ele vai ser como não tivesse amado ninguém antes dele cruzar seu caminho. Acorda, garota, para de se lamentar. Você precisa aprender que tudo isso vai passar quando o seu amor chegar. Ele vai fazer com que próximos não existam, que essas feridas se curem, irá apagar todas as outras lembranças, cheiros, manias, memórias, saudades. Vai escrever todo um capítulo novo ao seu lado. Esse alguém virá, mesmo que leve tempo. Recupere-se, levante a cabeça, esse não foi o último, o que é seu ainda está por vir e vai valer muito a pena, você vai ver, e rir ao lembrar que tal fulaninho já te fez sofrer. O verdadeiro amor, este vai fazer um reboliço na sua vida, curará todas as possíveis feridas. Enxugue as lágrimas, já não há mais porque chorar. Renove-se e fique pronta para quando o novo amor chegar.
Você nunca achará o arco-iris, se você estiver olhando para baixo. - By: Isabelle, Letícia and Heloisa written in imperfeita-s.
Posted Há 5 dias, 125 notas Reblog
Essa calma que seus olhos me passam é sobrenatural. Pois é quase inaceitável não pensar em você e não sorrir. Sou apenas um verão numa praia tropical que assopra a brisa que bate em seus cabelos e faz com que seus olhos se fechem vagarosamente e ao abrirem sorrir em harmonia com o céu. Você é uma benção, como seu próprio nome já fala, um anjo que caiu do céu para me abrigar nos dias turbulentos, para me acariciar nos momentos de fraqueza, para comemorar no meu sucesso. Admirável o seu dom da sedução e do carisma, pois são eles que tem o melhor em fazer feliz. Você é a paz em pessoa, só de pensar em te perder meus olhos se tornam cachoeiras, pois eu me tornei dependente desse seu sorriso, me tornei dependente dessa tua boca, e ficar sem você, seria sinônimo de perder todas as forças que eu demonstro ter, seria a pior coisa na minha vida. Todos a sua volta, ficam maravilhados com tamanha bondade e simplicidade que envolve o teu ser. Sou inegavelmente apaixonada por você. Vivo repetindo suas gravações só pra ouvir a sua voz e a sua risada, eu amo roubar suas roupas só porque elas estão com o seu cheiro, sentir sua pele na minha, seus braços em volta de mim. Me sinto segura, como nunca me senti antes. Meus dedos passeando entre seus cabelos e sua respiração em meu pescoço, cada segundo que passo com você, é importante. Cada presente, risada que eu passei com você, estarão escrito nas estrelas. Maktub, estava escrito, tinha que acontecer, não dá pra fugir. Eu sinto que você é o enviado, meu anjo da guarda. Aquele que veio para curar todas as feridas e trazer o bem, que me compreende e me trás calma, é o meu bem. Cada minuto que passo com você poderia passar bem vagarosamente, eu não me importaria, já que o que eu mais quero é a sua presença junto a mim. Quero te fazer feliz e retribuir um pouco do que fazes por mim. Eu te quero com o sorriso mais lindo, olhar mais doce e o desejo mais intenso. Só te quero, com esses seus tri jeitos que despertam em mim um sentimento novo a qual eu suspiro cada dia mais. E termino dizendo que não me importaria de passar por qualquer dificuldade, desde que esteja do seu lado.
By: Marcela, Eduarda, Samara and Ana Beatriz written in imperfeita-s
Posted Há 6 dias, 95 notas Reblog
Seu falso amor não vai curar o que foi machucado por ti. Não pense em pedir para que confie nos seus sentimentos, porque amar é uma virtude da qual você não foi capaz de possuir. Você fez isso, meu querido. “O amor é uma brincadeira perigosa demais”, você que me disse isso, lembra? Você rejeitou todo o sentimento que eu tinha por você, tudo aquilo que gostaria de ser por você. Tenho um coração duro pro que você tentar me falar agora, eu tentei dar tudo de mim pra nós dois, porém você sempre via como eu e você. Eu acordei pra vida quando você desistiu de fingir ser o bom moço e deixou as máscaras caírem. Que bela perda de tempo você foi. E eu suspeitei desde o princípio que você não era flor que se cheire, mas como sempre, eu deixei minha teimosia me controlar e me joguei de cabeça nisso tudo. Aliás, eu penso até hoje o que nós éramos, se é que existia um “nós”. Éramos apenas “eu e você”, não tinha um “nós”. Pra você era apenas uma relação carnal, daquelas que se pode ter com qualquer um, sem sentimentos, e eu até aceitei e me conformei com isso no início, mas você sabia que a minha ingenuidade continua intacta apesar desses machucados. Eu fiz justamento o que não deveria. Eu me apaixonei por você. Me permitir criar fantasias sobre você. Criei uma pessoa totalmente diferente do que você é, criei uma pessoa que seria capaz de me amar ou talvez no fundo amasse, mas na realidade você só se importava com os prazeres que eu te dava e não com o amor que eu sentia. Realmente isso me mostra o quanto o amor é complicado para mim, é isso? Amar é algo completamente diferente, amar é algo que quando você o sente, não sabe explicar ou compreender. Agora no meu caso, eu sei explicar tudo, você queria alguém que completasse a falta de algo, e eu? Poderia fazer esse papel. Na verdade, no fundo no fundinho do pote eu queria amar, só amar não é uma escolha. É uma sensação inevitável, e quando você estava por perto, eu me sentia literalmente, nas nuvens, e isso me fazia muito bem. F-a-z-i-a. Com todas as letras.
By: Mayara, IsabellePaloma and Ana Luiza written in imperfeita-s
Posted Há 1 semana, 72 notas Reblog
Hoje eu decidi esquecer de você, só por hoje, amor. Hoje eu não vou implorar por ti, nem me arrastar aos teus pés. Eu não vou me humilhar por você, pelo menos só por hoje. E dai quem sabe, amanhã eu também decida isso. Quem sabe amanhã eu também não tome a minha dose de ti e aproveite pra tomar uma dose de amnésia. Talvez somente assim eu esqueça você de vez, não só por hoje e nem só por amanhã, mas sim pelo resto dos dias. Não me leve a mal, amor, mas te quero distante. Te quero bem longe da minha vida, e não, não é só por hoje, é pra sempre. Na verdade, já perdi as contas de quantas vezes me olhei no espelho e repeti isso a mim mesma, que te esqueceria pra sempre, ou pelo menos por um dia, mas fazer não é tão simples quanto falar, principalmente quando se trata de você. Esquecer você é uma tarefa quase impossível, já que seu sorriso me hipnotiza mais do que mágica, e o seus olhos me puxa mais do que imã puxa metal. Amor, sei que prometi te amar eternamente, mas como você pretendo quebrar algumas promessas feitas. Não posso viver um amor sozinho, não posso deixar meu coração ser pisado de novo, entende? Você já judiou demais de mim, já brincou demais comigo. Preciso cair na real que você já era, eu preciso realmente esquecer você. Não consigo mais fingir que você para mim não é nada, que você não se passa mais de uma amizade colorida. Mas infelizmente, eu tenho me enganado todo esse tempo, porque você se tornou a melhor parte da minha vida que precisa ser esquecida por simplesmente ser uma bela ilusão da minha cabeça. Será difícil concluir essa missão de não desejar mais seu corpo no meu, de não ligar para você e pedir uma noite a dois num dia qualquer, de apenas olhar em seus olhos e pensar o quanto eu te amo, para tudo isso vai ser preciso várias doses de tequila e alguns porres por aí. Sei que beber é besteira, isso acabaria me levando, ao invés de te esquecer, te procurar. O álcool aumenta nossa vontade de fazer coisas que já queríamos e é isso que eu quero. Estar ao seu lado é tudo que meu coração precisa, mas meu cérebro permanece firme. Eu preciso mesmo é de dar valor a mim mesma, é perceber o quanto sou bonita e perco meu tempo contigo. A minha maior necessidade é de livrar minha mente de você.
By: Ana Laura, Eduarda, Marcela and Juliana written in imperfeita-s
Posted Há 1 semana, 73 notas Reblog
Eu só queria entender esse tipo de feitiço que você lançou em mim, não entendo o que está acontecendo, antes eu era tão desapegada, não me importava. Agora fico aqui com essa angústia que é ficar longe de você, como um vazio dentro de mim quando eu nem se quer falo com você, sinto saudades e fico aqui, pensando em como tudo seria se você estivesse aqui. O som da sua risada ecoa na minha mente, sua voz fixou e você, bem, você descompassou, bagunçou tudo que havia em mim, eu já sou uma bagunça e você vem e me mistura, me arruma, me cura. Me cura da solidão, da tristeza. Me mostra um mundo no qual tudo é perfeito pra nós dois. E ao mesmo tempo que o torna perfeito, o estraga de uma maneira irreversível. Eu adoraria entender o que se passa com nós… Ou com você. Pois me bagunça, me estraga, me arruma. Tu não decide o que quer ou faz. Acha que é assim? Vem, bagunça, deixa tudo lindo, cura, arranja e depois machuca e larga mão? Acha que sou o que? Teu brinquedinho que tu ama e da valor quando quer? Isso não é justo, enquanto eu movo mundo para tentar me recuperar, com um gesto tu me derruba e tu sempre tá normal.Sempre ouvi tão bem do amor. Pena que não me disseram que iria quebrar a cara tantas fezes. Ninguém diz que tu vai se apaixonar por quem não deveria. Me disseram que o amor só fazia bem e não é bem assim. Faz mal demais gostar de pessoas como tu. Talvez tenha confundido nossa relação. Fui mais uma das suas menininhas iludidas quando só queria ser sua. Posso estar exagerando, mas é que você me deixa assim meio sem noção. Sem você por perto, não sei o que pensar e como agir pra te trazer de volta. Perdoa-me por ser assim, por não saber lidar com a sua indecisão. Já era pra ter me acostumado, mas é difícil aceitar viver sem ser sua. Queria me entregar de corpo e alma, sem me preocupar com os outros e com o futuro. Eu queria poder pensar apenas no nosso amor, mas acabo tendo que pensar em como me manter forte pra não chorar porque não te tenho por completo.
By: Ana Beatriz, Isadora, Renata and Juliana written in imperfeita-s
Posted Há 1 semana, 110 notas Reblog
Sabe como é amar alguém tendo a certeza plena de que você jamais será correspondido? Então, eu sei. Sabe como é sofrer em vão, lutar pra que um sentimento recíproco desapareça de você mais rápido do que surgiu? Eu sei. Senti-me no céu com alguém, com ele,e logo após cai na frieza da triste realidade que me ferira não somente o coração, mas a alma que jamais poderei concertar. Eu estive sonhando com a fantasia de que nós seríamos felizes, não para sempre, mas por um tempo pelo menos, porém você sequer me enxerga, e no teu mundo eu nem sequer existo. Como viver sabendo que sou insignificante na vida da pessoa que eu mais quero que me note? Não existe nada pior que ser esquecida por quem mais amamos e queremos bem. Eu sofro por cada segundo que você respira sem lembrar de mim, que estou aqui plantada esperando me notar. Estou sofrendo por cada minuto que passa feliz sem minha presença em sua vida. Não é possível que nada que vivemos não faça mais nenhuma diferença. Pra mim, nosso amor foi a melhor coisa que me aconteceu.Eu não amo apenas você, eu amo nossa história e cada detalhe dela que o tempo está apagando contra minha vontade. Esperava que fosse contra a sua também. Saudade. Essa é a palavra que está reinando no momento. Um dia me falaram que a saudade é o pior sentimento existente e, agora eu entendo isso. Ela está me matando por dentro, e agora não sou nada. Será que você se esqueceu de mim e eu sou a única que ainda rezo para que a gente dê certo? A resposta nós dois sabemos, mas espero que estejamos errados. Com certeza você partiu meu coração, em zilhões de pedacinhos, e não satisfeito, os espalhou pelo quarto. Você não guarda rancor, eu sei, mas o que dói não é saber os seus sentimentos e sim não sabe-los. Por que você não aparece? Por que não é sincero comigo? Não sei do que tenho mais medo, de saber a verdade ou de desconhece-la. Eu sei que não amei uma “historinha barata”, eu amei todas as 500 páginas, pelas quais paguei caro. Um valor impagável. Minha liberdade foi deixada de lado por um tempo e de troco recebi isso, silêncio. Silêncio que corrói. Saudade que mata. Você se foi muito rápido, como uma rajada de vento passageira, só veio para bagunçar minhas páginas, e nunca mais voltou para arrumá-las. Sinto falta de você, será que você também sente de mim?
By: Stéfanny, Juliana, Lívia and Beatriz written in imperfeita-s.
Posted Há 1 semana, 118 notas Reblog